Oncologia

Seu Pet Merece Viver Melhor

Quem convive com animais como cães e gatos sabe que, assim como no mundo dos seres humanos, o câncer é um problema relativamente frequente no universo animal – sendo necessária a atuação de profissionais especializados para cuidar dos bichinhos afetados pelo mal. A oncologia veterinária é, portanto, a principal esperança de solução para os que têm um pet doente em casa, buscando diagnósticos precisos e tratamentos eficientes que possam curar animais deste terrível mal.
Embora haja uma série de fatores externos que podem desencadear o surgimento de tumores e do câncer em cães e gatos, em boa parte dos casos, os motivos do aparecimento desse tipo de complicação são genéticos; ocorrendo ao longo da vida do animal em função de mutações das mais variadas. Com isso em vista, fica um pouco mais claro entender que o surgimento deste tipo de problema na vida dos animais é um tanto quanto imprevisível, e é por isso que a oncologia veterinária se torna uma especialidade tão importante nos dias de hoje.

Neoplasias mamárias em cadelas

O câncer de mama é a neoplasia mais comum em cadelas. Esta neoplasia pode ser de origem benigna ou maligna. A sua incidência é maior em cadelas de meia idade, 7 à 13 anos. Apresenta como principal característica o desenvolvimento de nódulos que podem ser de dimensões variadas. Outra característica é que estes nódulos podem ser soltos ou aderidos, ulcerados e hemorrágico.
Devemos lembrar que esta neoplasia pode acometer mais que uma glândula mamária, e cada um destes nódulos pode apresentar origem histogênica diferente.
O diagnóstico desta neoplasia é realizado por meio de citologia aspirativa ou não aspirativa, além da histopatologia que é realizada em todos os nódulos após o procedimento cirúrgico de (mastectomia). Antes de submeter o paciente ao procedimento cirúrgico, a cadela deve ser submetida a exames de imagem como o radiológico de (tórax) e ultrassonográfico do (abdômen) a procura de possíveis metástases a distância.
O principal método de tratamento de neoplasias mamárias é a realização da mastectomia associada à linfadenectomia do linfonodo sentinela. A linfadenectomia é realizada para avaliação histopatológica do linfonodo e assim como todos os exames citados acima são de grande importância para o Estadiamento Clínico, que é proposto pela Organização Mundial de Saúde, onde. T: significa tamanho do tumor; N: presença de invasão tumoral de linfonodos sentinelas; M: presença de invasão tumoral a distância que no caso de neoplasias mamárias, ocorre em maior número no pulmão e fígado. Após todos estes procedimentos realizados, podemos assim determinar o Estadiamento Clínico e determinar se este paciente terá ou não que ser submetido à quimioterapia antineoplásica.
Devemos lembrar que para cada tipo tumoral existe um protocolo quimioterápico e, portanto é de grande importância o conhecimento da histogênese do tumor e o Estadiamento Clínico. Com base nestes fatores citados acima, podemos determinar o prognóstico que vai desde bom a reservado.
Caso o proprietário sinta ao toque das mamas, pequenos nódulos, o proprietário deve suspeitar de tumor mamário, e nestes casos é de grande importância que este paciente seja encaminhado para uma consulta com médico veterinário especializado em Oncologia, assim como é realizado na medicina humana.

Oncologia veterinária em prática

Visto que o câncer é um dos principais motivos para a morte de animais domésticos, como cães e gatos, o segmento da oncologia veterinária vem sendo alvo de cada vez mais estudos e pesquisas ao longo das duas últimas décadas em busca de soluções mais eficientes, simples, baratas e ágeis pra os pets com a doença.
Conforme citado anteriormente, o aparecimento desse tipo de doença nos animais é um tanto imprevisível e; por isso, adotar medidas para prevenir o surgimento da doença é bastante difícil e; embora a castração de cadelas seja uma conhecida forma de diminuir os riscos de que as cachorrinhas venham a desenvolver o câncer de mama, esta não é uma fórmula garantida de prevenção.

Phone: (44) 3226-3739
Fax:
Avenida São Paulo, 1654
Maringá, Paraná